Ganhando R$ 15 mil por mês, jovem de 22 anos revela como passou em 10 Concursos Federais

Compartilhe

Ganhando R$ 15 mil por mês, jovem de 22 anos revela como passou em 10 Concursos Federais

Kalebe Dionísio provou que, mesmo trabalhando o dia todo e fazendo Universidade à noite, é possível ter sucesso nos concursos públicos. Hoje ele ensina suas técnicas para outras pessoas através da internet.

palestra OAB-PB

(Foto tirada durante palestra para jovens estudantes no Auditório da OAB em João Pessoa/PB)

Tendo feito concursos dos 17 aos 22 anos de idade, Kalebe Dionísio, colecionou grandes resultados e se tornou Recordista Brasileiro como o “Jovem com maior número de nomeações em concursos federais”. Na sua breve história na área de concursos públicos foram 10 nomeações em apenas 5 anos, de 2009 a 2014, em órgãos como a Receita Federal, Ministério Público Federal, Tribunal Regional Federal entre outros.
“O que mais me atraiu no setor público foi a remuneração. Como não tinha formação na época, apenas ensino médio e sem experiência, não existia oportunidade na iniciativa privada que pagasse um salário próximo ao serviço público. Também pela estabilidade, posso fazer planos e assumir compromissos sem medo de estar desempregado amanhã”, afirma Kalebe.
Atualmente, já formado em Direito, ele exerce o cargo de Oficial de Justiça Avaliador Federal, no Tribunal Regional do Trabalho no Estado de Pernambuco. Agora ele se dedica apenas ao trabalho e ao seu hobby de ajudar outras pessoas a serem aprovadas também.
Mas nem sempre foi assim, “Nos primeiros concursos eu sempre ficava muito longe da nota necessária”, conta.
Para seguir seu sonho, o jovem encontrou resistência entre os amigos. “Alguns amigos diziam que concurso era muito difícil e que era perda de tempo estudar. Ouvia que eu era muito novo, que estava na idade de curtir e que me arrependeria depois de passar essa parte da vida só estudando. Até agora, não me arrependi de nada, muito pelo contrário, agora tenho a vida toda para curtir sem me preocupar com crises ou qualquer coisa do tipo”, desabafa Kalebe.
 Assista este vídeo onde ele ensina sua Técnica de Estudo:
entrevista globo

(Kalebe sendo entrevistado em uma reportagem da afiliada da rede Globo de sua região)

O Kalebe foi um concurseiro como muitos outros, teve diversas reprovações no início da sua caminhada de estudo. Mas aproveitou as reprovações como experiência, persistiu e aprimorou seu método de estudo para concursos e começou a colecionar aprovações.
Hoje em dia, Kalebe Dionísio coleciona aprovações em concursos.
Veja a lista completa aqui
Com a escolha da área de atuação, ele passava a estudar de forma contínua as disciplinas comuns em diversas provas como português, informática, direito constitucional e direito administrativo. Assim, quando o edital era publicado, ele revisa essas matérias e iniciava o estudo do conteúdo específico de cada prova. “Com essa estratégia, eu estudava para vários concursos da mesma área, ao mesmo tempo. Escolhia os concursos por causa do órgão, da remuneração e da jornada de trabalho”, diz.
O estudo de Kalebe é formado por cursos em videoaulas e materiais digitais (cursos em PDF). Quando nenhum edital estava aberto, ele costumava estudar cerca de 3 horas por dia. Com a publicação do edital, a carga de estudos aumentava para 5 a 6 horas por dia.
“O importante é a pessoa descobrir qual método de estudo é melhor para ela, comigo funcionou o Tripé da Aprovação”, afirma o jovem, com um sorriso no rosto e o semblante de dever cumprido.

Compartilhe

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *